Notícias
 
Home > Notícias

 



     
 
28
MAR  2019
 

 

   
  Você sabe a diferença ente seguro e proteção veicular? Entenda!
   
 

Há quem ainda faça confusão em relação aos conceitos de seguro automotivo e proteção veicular. Uma vez que essa falta de exatidão pode levar a um contrato que não atenderá suas necessidades, vale a pena ler este texto para esclarecimento antes de tomar uma decisão.

Começaremos pelas diferenças:

Forma de contratação e fornecimento

O seguro é vendido por empresas seguradoras com interesses econômicos privados, enquanto a proteção é ofertada por associações cooperativas sem fins lucrativos – neste caso, um grupo de pessoas se reúne para dividir os custos e as despesas com a proteção dos veículos. Em geral, a proteção é mais barata, mas cabe atenção especial para as diferenças nas garantias, direitos e deveres antes de tomar uma decisão, assegurando que as exigências e garantias estão dentro da expectativa de quem contrata.

Adesão

Em ambos os casos, o carro precisa passar por uma inspeção e avaliação. No caso do seguro, contudo, a seguradora verifica o pedido do interessado e define o valor a ser pago – de forma integral, embora possa ser parcelado. Já no caso da proteção, o interessado paga uma taxa e assina o termo de adesão, oficializando a proteção que passa a vigorar. Aqui o pagamento é mensal e pode variar a depender do acúmulo de prejuízo.

Apólice

Contratado o seguro, o cliente recebe a apólice que estabelece as responsabilidades da seguradora e do cliente – a seguradora assume os riscos e os custos eventuais são transferidos para ela. Não há apólice no caso de proteção veicular: o contrato assinado pelos associados serve de garantia de proteção e os associados se comprometem a responsabilizar-se mutuamente sobre os veículos.

Regulamentação

Os clientes têm proteção e garantias legais diante das seguradoras, visto que elas são regulamentadas e estão sujeitas às normas estabelecidas pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) e pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP). Contudo, a proteção veicular não possui regulamentação forte: como é oferecido por associações, quem rege e define a legalidade das operações é o Código Civil Brasileiro e a Organização de Cooperativas Brasileiras (OCB).

Cobertura

Não há diferença na cobertura geral do seguro e da proteção, sendo as mesmas: cobertura contra roubos, furtos, incêndios, colisões e danos a terceiros. O que difere, no entanto, são as coberturas adicionais – como responsabilidade civil, partes específicas do veículo e carro reserva – oferecidas pelas seguradoras mediante custos adicionais e dificilmente ofertadas pelas associações.

Ainda em dúvida? Pense assim: as garantias são melhores com os seguros, pois eles têm regulação e fiscalização fortes – embora seu valor seja mais alto. Além disso, dado a organização das seguradoras, receber as indenizações é mais fácil e elas assumem boa parte das responsabilidades diretas com terceiros. Enquanto isso, as associações têm um custo mais barato por um serviço muito parecido, mas as responsabilidades dos associados são maiores que as do cliente.  

É de um seguro veicular que você precisa? TAI pode te ajudar a encontrar o melhor seguro de acordo com seu perfil!

 


 
   
CATEGORIAS
 
  Dicas (20)
  Bike (4)
  Produtos (28)
  Saúde (10)
  Social (14)
  Tecnologia (6)
  Veículos (7)
 


 

Parceiros



 

 

CIA DO SEGURO CONTATOS
REDES SOCIAIS
     
Rua Professor Cassilandro Barbuda, 355
+55 (71) 2108-7000
  Sala 103 - Costa Azul
ciadoseguro@ciadoseguro.com
  Salvador - Bahia - Cep 41760-110
+55 (71) 99123-5243
 
 
Copyright 2019. Todos os direitos reservados