Blog
 
Home > Blog


     
 
05
SET 2018
 
   
  Por que microempresário deve investir em microsseguro?
   
 
É, na verdade, uma questão de ter segurança: e se o carro que faz o transporte do negócio tiver um acidente? E se não for possível trabalhar por causa de uma doença? O microsseguro é uma proteção adquirida contra riscos para o segurado, familiares ou a quem se quer beneficiar.
 
Ocorrendo algum dos riscos previstos no contrato, bilhete ou certificado do microsseguro adquirido, uma indenização é paga. Por simplificar e agilizar a venda, as regras do microsseguro permitem que, em certos casos, em vez de apólice, o segurado receba um bilhete ou um certificado como garantia de que possui um microsseguro. Alguns exemplos de riscos são, entre outros, um desabamento de moradia, a quebra de um instrumento ou equipamento de uma microempresa, a perda temporária de renda, invalidez ou morte e os custos para um funeral.
 
Mas atenção: os planos de previdência equiparados a planos de microsseguros só abrangem as coberturas de morte e invalidez permanente e total, esta entendida como aquela para a qual não se pode esperar recuperação ou reabilitação com os recursos terapêuticos disponíveis. Ou seja, não substitui a previdência complemnetar aberta.
 
Quem é considerado microempreendedor
Há alguns requisitos para ser considerado um microempreendedor individual, como o fato de o faturamento anual da empresa não poder passar de R$ 60 mil. Além disso, o microempresário não pode possuir um sócio, mais de uma empresa ou ser sócio de outra empresa. Quando for o caso, deve ter apenas um empregado que receba somente o salário mínimo ou o piso da categoria. Por fim, a atividade da microempresa tem que se enquadrar no regime de impostos do Simples Nacional.
 
 
[...]

 


 
   
 
 
 


CIA DO SEGURO CONTATOS
   
Rua Prof. Lourival Pimenta Bastos, 426  +55 (71) 2108-7000
  Sala 102 - Costa Azul  ciadoseguro@ciadoseguro.com  
  Cep 41760-010
 +55 (71) 99123-5243  
  Salvador - Bahia